Liquidez para o Poker em Portugal adiada por problemas de software

Vito Zapata Olivera | 5 Março 2018

Liquidez partilhada para o poker novamente adiadaSoube-se recentemente que Portugal e os seus jogadores locais poderão ter de esperar mais algumas semanas antes de conseguir integrar o projeto de liquidez partilhada para o poker online entre Espanha, Itália, França e Portugal. Tanto em Portugal como em Itália registaram-se vários atrasos, o que impediu estes países de se juntarem ao projeto, enquanto a França e a Espanha lançaram já as suas primeiras mesas de liquidez partilhada no início deste ano.

Apesar de terem sido publicados os requisitos técnicos no Jornal Oficial de Portugal, na semana passada, parece que os problemas com a integração do software poderão originar novos adiamentos e atrasar a implementação do esquema, no mínimo, mais algumas semanas.

De acordo com os boletins noticiosos em Portugal, o único operador de poker online licenciado no país, a PokerStars, enviou emails a todos os seus jogadores locais, informando-os de que podem ter de esperar até ao dia 6 de março, ou até uma data posterior, para usufruir da possibilidade de jogar contra outros entusiastas do poker de Espanha e França.

A funcionalidade “Seat Me” causa problemas

Alegadamente, a integração da nova funcionalidade “Seat Me” (sentar-me) do operador de poker é a causa principal por detrás do adiamento da participação de Portugal na liquidez partilhada. Como anunciado anteriormente, a rede europeia dos sítios de poker foi lançada com a funcionalidade “Seat Me” já implementada, o que significa que os jogadores não têm a possibilidade de selecionar mesas específicas quando jogam num sítio europeu da PokerStars.

No entanto, a funcionalidade “Seat Me” ainda não foi integrada no sítio português de poker online da marca, de acordo com os porta-vozes da equipa de recursos humanos da PokerStars. No email da empresa dirigido aos seus jogadores de poker locais, a PokerStars apontou o dia 6 de março de 2018 como a data provável para concluir a implementação desta funcionalidade – embora, nesta altura, não se saiba exatamente quanto tempo pode demorar esta integração.

Ainda são necessárias licenças de software

O PokerPt, um blogue português sobre o poker online, revelou também recentemente que foi informado, pelo regulador local dos jogos, de que a liquidez partilhada não pode ter início sem que antes sejam obtidas diversas certificações de software. Estes requisitos podem atrasar ainda mais a implementação do projeto em Portugal, embora se acredite que o país conseguirá integrar o esquema até ao final de março deste ano.

A concretização do projeto em Portugal contribuiria para a liquidez da rede, sentida como muito necessária, tendo em consideração que o sítio PokerStars.pt está entre os maiores do mundo no que diz respeito ao tráfego. Muitos outros operadores expressaram também o seu interesse em integrar o esquema, incluindo o operador francês Winamax e a marca Partypoker da GVC Holdings, o que poderá significar que novos e importantes desenvolvimentos se perfilam no horizonte para o futuro do projeto da liquidez partilhada para o poker.

Links de referência:

http://www.casinonewsdaily.com/2018/02/23/seat-feature-integration-delays-start-player-pooling-portugal/