Partypoker Pronta para Juntar-se a Projeto de Poker Partilhado

Vito Zapata Olivera | 9 Maio 2018

Partypoker Pronta para Juntar-se a Projeto de Poker PartilhadoO projeto de liquidez partilhada de Poker online é a maior onda de emoção a atingir o mundo de Poker online em muito tempo, e foi lançado oficialmente no início do ano. Agora, quase cinco meses depois, a Partypoker, produto de Poker online da gigante do jogo GVC Holdings, está finalmente em vias de se tornar parte do projeto.

Todos os indicadores apontam para o facto de que a integração com o projeto se está a aproximar, especialmente desde que a empresa anunciou recentemente que estava a atualizar o seu website .es para ficar mais semelhante ao aspeto e design do seu site mundial .com.

Esperava-se que a Partypoker entrasse no agregado partilhado até 1 de maio, mas parece que os jogadores vão ter de esperar mais um pouco. Espera-se que a integração com o projeto ocorra a qualquer altura e os jogadores estão ansiosos pela chegada do grande momento.

Requisitos Elevados

O Partypoker recebeu a sua licença para ser uma parte funcional do projeto de liquidez partilhada de Poker online da reguladora de jogo francesa ARJEL durante o mês de abril e está tudo pronto para avançar no que toca à GVC Holdings.

Todas as operadoras online que querem entrar na partilha de Poker tiveram de se candidatar a uma licença na reguladora francesa antes de se envolverem no projeto. Para obter uma licença da reguladora, têm de ser satisfeitos uma série de requisitos, incluindo a conformidade com os requisitos técnicos que foram estabelecidos quando as reguladoras de França, Espanha, Itália e Portugal aceitaram os termos gerais do projeto de Poker partilhado em 2017.

Outro requisito importante é que as operadoras tiveram de garantir que os jogadores usufruíam da mesma experiência de alta qualidade que os jogadores dos sites globais.

Próxima Paragem: Portugal

Atualmente, a única operadora a oferecer mesas de Poker partilhadas aos jogadores é a PokerStars. No início do ano, a PokerStars juntou os seus agregados franceses e espanhóis, e espera-se que a operadora lance o ramo português das suas atividades em breve.

A Partypoker já tinha indicado anteriormente que, aquando do lançamento das suas mesas de Poker partilhadas, o ideal seria lançar nos quatro países: Itália, França, Portugal e Espanha. No entanto, para o fazer, a operadora terá de obter uma licença para oferecer os serviços de Poker em Portugal, coisa que ainda não fez.

Fontes:
http://www.casinonewsdaily.com/2018/05/03/partypoker-shared-online-poker-liquidity-launch-set-to-happen-any-day-now/