Receitas da Playtech aumentam na primeira metade de 2016

Vito Zapata Olivera | 2 Setembro 2016

A Playtech, a produtora Playtech casinoonline.ptde software baseada na Ilha de Man, revelou a 25 de agosto os seus resultados financeiros para a primeira metade de 2016. O primeiro semestre da Playtech acabou a 30 de Junho, e a empresa encaixou até agora 337,7 milhões de euros. Este número demonstra um aumento promissor nas receitas da empresa de jogos, com os ganhos a melhorarem 18% em relação ao ano passado.

A empresa reportou contribuições positivas neste primeiro semestre tanto de operadores de casino existentes como dos novos. A Playtech tem focado a sua atenção mais do que nunca em jogos para telemóveis, e as receitas destes produtos também viram um aumento de 29%. De toda a receita gerada pelos produtos da empresa na Europa, os jogos para telemóveis geraram uns substanciais 54%, e as receitas do departamento de jogos da Playtech aumentaram 11% face a 2015.

Muitas dos outros departamentos da Playtech também conseguiram resultados prometedores semelhantes. A empresa já obteve 177 milhões de euros em receitas dos seus produtos de casino este ano, um crescimento acentuado comparado com os 148,8 milhões de euros do primeiro semestre de 2015. Os produtos de apostas desportivas renderam à empresa outros 17,7 milhões de euros, o que mostra um crescimento de 10% face ao período homólogo.

Os jogos de Bingo da Playtech geraram mais de 9 milhões de euros de receita, o que representa a primeira quebra no relatório em 11%. As receitas em poker online também caíram ligeiramente comparando com o ano transacto, correspondendo a um total de 5 milhões de euros.

O novo departamento financeiro da Playtech apresentou um crescimento substancial. O sector, que foi criado em 2015, gerou mais de 31,3 milhões de euros durante o primeiro semestre de 2016, mostrando uns prometedores 194% de crescimento face ao ano anterior.

O total de lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização da Playtech para o primeiro semestre foram 143.8 milhões de euros, mais uma vez mostrando um aumento da receita. No entanto, os lucros líquidos ajustados mostraram uma queda de 31%, baixando para 79,5 milhões de euros, e os lucros líquidos declarados mostraram também uma quebra de 42% face ao ano anterior. A Playtech atribuiu esta queda das receitas às flutuações das taxas de câmbio da libra esterlina durante o primeiro semestre.

Durante a primeira metade do ano fiscal, a Playtech também fez anúncios importantes que se prevê que tenham um impacto positivo no futuro da empresa. Como parte da sua estratégia de fusões e aquisições, a empresa comprou a produtora de jogos sueca Quickspin. A empresa também firmou contractos de licença com várias marcas de iGaming recentemente, incluindo a Sunbets e a operadora de poker online PokerStars. Fica claro pelo relatório de receitas do primeiro semestre que a Playtech continua a ser uma marca que está na vanguarda do sector dos jogos online e para telemóveis, e que está um crescimento cada vez mais forte.