Os resultados da H1 revelam resiliência do mercado de casino

Vito Zapata Olivera | 9 Setembro 2020

H1 com resultados sólidos de casino e apostasOs resultados financeiros efetivos são talvez os indicadores mais precisos do verdadeiro desempenho de qualquer setor ao longo de um determinado período. Considerando os resultados portugueses obtidos pela H1 para o ano presente, os resultados financeiros dos casinos e das casas de apostas desportivas do país revelam um panorama de procura estável, adaptabilidade geral e sustentabilidade global.

Assim o diz a reguladora de casinos e apostas desportivas do país, o Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ), após o lançamento do seu mais recente relatório de desempenho do setor.

Excelente ímpeto

O setor dos casinos experienciou um significativo aumento de ímpeto a todos os níveis; a receita total das operadoras cresceu uns estonteantes 44,2% relativamente ao período homólogo. De acordo com o último relatório lançado pelo SRIJ, este fulgor testemunhou, no entanto, um abrandamento em junho. Antecipava-se este declínio devido ao regresso ao status quo das receitas para níveis de desempenho mais típicos no seguimento do retorno do mundo desportivo à seminormalidade.

O relatório revela ainda que as receitas decorrentes das apostas desportivas evidenciaram uma crescida acentuada; este setor em particular testemunhou uma incrível subida de 15,9 % relativamente ao período homólogo.

É, porém, interessante realçar que os valores das apostas desportivas viram uma pequena quebra, resultando numa descida de 1,5% em termos das apostas efetivamente realizadas. O caso assumiu dimensões diferentes relativamente às apostas em casinos online, onde aumentou em harmonia com a receita registada no primeiro semestre do ano.

Relatório revela indicadores positivos para o futuro

Quando tomados na sua globalidade, os números indicam que, no segundo trimestre de 2020, as apostas desportivas somaram um total de 90,7 milhões de euros – sendo que as apostas feitas em casinos alcançaram uns decididamente mais impressionantes 1,32 mil milhões de euros no período trimestral em análise.

No entanto, seria de antecipar que as apostas desportivas sofreriam um declínio recorde. Como todos os grandes desportos ficaram praticamente interditos por mais de 6 meses, seria lógico que os entusiastas das apostas desportivas não teriam tido jogos nos quais apostar. Sob estas circunstâncias, os jogos de casino online provaram ser um substituto natural para a lacuna criada pela ausência dos eventos desportivos.

Em termos dos melhores desempenhos financeiros a nível desportivo, o futebol permaneceu o mais popular, com o ténis no seu encalço e o basquetebol em terceiro.

Tudo aquilo que foi mencionado indica que, até agora, os mercados de casino e apostas de Portugal são tão resilientes como possível para este tipo de mercado. Isto, por sua vez, prenuncia que o futuro reserva um panorama risonho.